Procuradora agredida por colega de prefeitura/ Foto: Arquivo pessoal

As agressões foi após abertura de processo disciplinar contra o agressor

O caso aconteceu na tarde da última segunda-feira (20), por volta das 16h40, dentro da própria prefeitura, do interior de São Paulo, local de trabalho da procuradora-geral do município de Registro, Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos. O agressor foi o também procurador Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, que trabalhava no mesmo local.

Um vídeo postado nas redes sociais, mostra claramente Demetrius agredindo a colega de trabalho com socos e pontapés.

Conforme a pessoa que narra o vídeo, a motivação da agressão teria sido pela abertura de um processo administrativo contra o agressor por conta da postura dele no ambiente de trabalho.

Ainda no vídeo pode se ver que uma funcionária amiga da procuradora tentou ajuda e acabou sendo empurrada contra a porta. O agressor por várias vezes ofende verbalmente a procuradora, que é retirada do local por uma outra mulher.

Informações que dois funcionários do setor jurídico, ao ouvirem os gritos, foram até o local e conseguiram controlar o procurador.

Em depoimento à Polícia, a procuradora relatou que Demetrius apresentava comportamento suspeito e que já havia sido grosseiro com outra funcionária do mesmo setor. Ainda segundo a vítima, ela disse que já havia cobrado providências, ela estava com medo de trabalhar no mesmo ambiente com ele. A procuradora informou ter enviado um memorando à Secretaria Administrativa com uma proposta de procedimento administrativo.

No em tanto, não deu tempo ser tomada as providencias cobrada por ela, que passou a ser a vítima, sendo brutalmente agredida pelo colega, o qual ela já tinha medo.

Foi registrado no 1º Distrito Policial (DP) do município, um Boletim de Ocorrência (BO), contra Demétrius Oliveira Macedo.

Veja vídeo e comentários posto no Twitter

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui