O ativismo judicial do STF tem prejudicado as nossas famílias, diz Rodolfo

O candidato a prefeito por Gravatá no Agreste de Pernambuco pelo Partido Cidadania, Rodolfo Silva, teceu fortes críticas à Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN 5668), apresentada pelo PSOL, que tem por objetivo coibir discriminações por gênero, identidade de gênero e orientação sexual, bem como respeitar a identidade de crianças e adolescentes LGBT no ambiente escolar.

Rádio Livre FM 90.7

Para Rodolfo Silva, a ação do PSOL junto ao STF quer, na verdade, impor a ideologia de gênero em todas as escolas e destruir os valores da família brasileira: “Os pais e mães brasileiros não querem seus filhos expostos a essa aberração, que é a ideologia de gênero. O ativismo judicial do STF tem prejudicado as nossas famílias.

Querem ensinar às nossas crianças que a identidade sexual não é biológica e que elas podem construir sua própria identidade, escolhendo ser homem ou mulher. Jamais aceitaremos um absurdo como este, declarou Rodolfo Silva.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui