O Major da PM e Policial Penal, que trabalha no GOES foram autuados em flagrante delito

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 18h30min, do último sábado (05/09),  o COPOM recebeu a informação de um tiroteio na Rua Ministro Nelson Hungria, bairro de em Boa Viagem, Área sul do grande Recife, capital Pernambucana, e logo repassou as informações para as guarnições local, do 19ºBPM (Batalhão André Vidal de Negreiros), que se deslocaram para averiguar a denúncia.
Segundo a Polícia Militar, uma das viaturas do 19ºBPM, ao chegar na Rua Professor José Brandão, mas precisamente no Bar Banca do Primo, (local do fato), visualizaram um senhor estendido no chão já em óbito, a vítima foi identificado como Sr. Ekel de Castro Pires. Os policiais militares constataram por um médico que se encontrava nas proximidades, que uma outra guarnição da PM, havia socorrido a Srª Eva Valeria Alves do Nascimento, para o Hospital Português, pois a mesma teria sido atingida por 02 (dois) disparos de arma de fogo no braço. No local os PMs encontraram 02 (dois) carregadores de cal. 9mm, um com 12 (doze) munições intactas de mesmo calibre e o outro vazio.
Já outra viatura, havia socorrido para o HR (Hospital da Restauração) o Sr. Cláudio Bezerra Bandeira de Melo Sobrinho, atingido por um disparo nas costas, o qual veio a óbito por volta das 23h00 do mesmo dia. Uma outra guarnição da PM fez o socorro, do Sr. George Mauro de Carvalho Vasconcelos, de 70 anos, também para o HR, ele foi alvejado no olho e se encontra em estado gravíssimo. Mas uma vítima identificada como Sr. Eduardo Bernardo Pereira Gomes Insfran, foi levada por terceiros ao Hospital Português, com um disparo no abdômen. O estado de saúde deste não foi informado.
Segundo informações repassada para a Polícia no local do fato, tudo se deu após uma discussão, possivelmente por mulher, entre o Major PMPE. José Dinamérico Barbosa da Silva Filho, que foi alvejado por 04 (quatro) tiros, (02 de raspão, no tórax e braço), sendo socorrido para o Hospital Português.
Ainda segundo a Polícia, entre as pessoas que ajudaram no socorro, estava um Soldado da PM, que recolheu a arma do Major, uma PT Taurus, modelo G2C, cal. 9mm, nº ABB 265571, com um carregador e 12 (doze) munições de mesmo calibre, o SD relatou que dois sobrinhos do Major, e um outra pessoa foram quem ajudaram a socorrer o Oficial, no carro do sobrinho.
O outro envolvido na discussão seria a pessoa de Ricardo de Queiroz Costa, Policial Penal, que trabalha no GOES, qual foi alvejado por 03 (três) disparos, um na virilha, no braço e perna, ele foi socorrido para o Hospital Santa Joana pela esposa. Segundo informações repassada para a Polícia, é que o policial penal teria perguntado ao Major o que estava olhando, o Major respondeu “olhando o quê” e a partir daí foi dado início a trocar de palavras ofensivas e baixo calão, em seguida sacaram as armas e iniciaram intensa troca de tiros.
A arma do Policial Penal é uma PT Taurus, modelo 24/7, cal. 40, a qual foi entregue pelo Supervisor de Operações da GOES. Compareceram ao local do fato o IC –Recife UP 04, com o Perito Criminal / Lucas Araújo, a equipe do DHPP, comandado pelo Delegado Victor Hugo, IML – UR10, equipe da 2ª EMG, equipe do GTAC com o Major França e equipe da DEAH.
A Guarnição da GP 19100 compareceu ao DHPP, para entregar os 02 (dois) carregadores de cal. 9mm e as 12(doze) munições de mesmo calibre, onde prestou depoimento. Também compareceu ao DHPP, o Soldado da PM que ajudou o socorro, para prestar depoimento e entregar a arma do major, ficando também apreendida sua arma pessoal, uma PT Taurus, cal. 380, modelo 638, nº KEM 42732, 15 (quinze) munições de mesmo calibre e um carregador.
De acordo com a Polícia, o proprietário do Bar BANCA DO PRIMO, e o funcionário, como também a esposa do policial Penal, foram solicitados pelo Delegado para prestar depoimento. Informações que foi lavrado um flagrante para o Oficial da PM e o Policial Penal.
No local foram apreendidos; 01 (uma) PT Taurus G2C cal. 9mm, nº ABB 265571; 03 (três)carregadores de G2C; 24 (vinte e quatro) munições cal.9mm; 01 (uma) PT Taurus, Modelo 24/7, cal. 40 e nº SEZ 96798; 01 (uma) PT Taurus, cal. 380, modelo 638, nº KEM 42732; 01(um) carregador de PT 638; 15 (quinze) munições de al. 380. Todo material se encontra na DHPP (Departamento de Homicídio e de Proteção à Pessoa).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui