Foto-Anderson Souza (SECOM)

O objetivo do encontro foi apresentar o Programa de Regionalização do Turismo (PRT), estreitar as relações entre os municípios que compreendem a Região Serras e Artes

A cidade de Gravatá é um polo turístico de grande potencial no estado e, na última quarta-feira (07/7), ela sediou o 1⁰ Encontro dos Secretários e Dirigentes dos Municípios da Região Serras e Artes de Pernambuco e do Entorno, no auditório do Hotel Fazenda Portal de Gravatá. 

O objetivo do encontro foi apresentar o Programa de Regionalização do Turismo (PRT), estreitar as relações entre os municípios que compreendem a Região Serras e Artes em Pernambuco, identificar as tendências turísticas atuais e construir um plano de trabalho. 

Contando com Gravatá, onze municípios participaram do encontro e trocaram experiências turísticas: Barra de Guabiraba, Bezerros, Bonito, Camocim de São Félix, Chã Grande, Moreno, Pombos, Sairé, São Joaquim do Monte e Vitória de Santo Antão. 

Eduardo Cavalcanti – Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco (ABIH-PE)

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco (ABIH-PE), Eduardo Cavalcanti, foi convidado para ministrar palestra. Ele falou: “É importante que todos fiquem juntos e façam um planejamento integrado, com o calendário da região e não de cada município, pois não adianta você ter uma Festa de São Sebastião em Bonito e aqui em Gravatá tem um Festival do Jazz no mesmo dia. Então, fazendo um calendário integrado todos poderão se beneficiar, pois nenhuma dessas cidades que temos aqui na região consegue prender um turista por cinco dias, mas se a gente fizer um planejamento integrado a gente consegue deixar na região que o turista fique cinco, seis, até oito dias tendo atividade pra fazer nestes municípios”. 

Edygar Santos – Presidente da Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco (ASTUR-PE)

Edygar Santos é presidente da Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco (ASTUR-PE) e secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Afogados da Ingazeira. Ele opinou sobre o encontro. “É uma iniciativa muito importante, porque justamente no momento que estamos passando de pandemia a gente precisa unir forças e a Secretaria de Turismo aqui de Gravatá teve uma belíssima ideia de juntar todos os secretário de Turismo da Serra e Artes para poder encontrar caminhos de sair dessa dificuldade que veio com a pandemia e começar a sair na frente com seu turismo. Nada mais justo do que começar sabendo do que cada um pode contribuir, no seu município, e sabendo que aquela contribuição que o município de Gravatá, por ser a pioneira aqui do Agreste, de encabeçar esse retorno, nada melhor do que ouvir o que cada um tem de proposta para poder colocar já em prática e começar a receber novamente os turistas como visita aos nossos equipamentos equipamentos turísticos como um todo”.

Gil Marinho – Gerente de destinos da EMPETUR-PE

O gerente de destinos da EMPETUR-PE, Gil Marinho, foi outro palestrante do evento. Ele apresentou detalhes do PRT. “O programa é a principal ação do Ministério do Turismo como política pública federal. A ideia é juntar um grupo de cidades que tenham características semelhantes para que elas se fortaleçam como um destino único. O segundo objetivo maior do programa é fazer com que a instância de governança da região turística venha a funcionar como uma agência de desenvolvimento, planejando, vendendo a região como destino único. Essa é a forma que os municípios têm para acessar verbas do Ministério do Turismo através dos editais que eles publicam. Gravatá é uma das regiões mais organizadas daqui do estado de Pernambuco e ela congrega uma quantidade de municípios que é muito interessante com a potencialidade fantástica de atrativos de clima, vegetação, paisagem natural, atrativos culturais, então é uma região muito rica importante para o estado”.

Júnior Darita – Vice-prefeito de Gravatá e Secretário Municipal de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer

O vice-prefeito de Gravatá e Secretário Municipal de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Júnior Darita, falou porque aconteceu este encontro. “O nosso intuito é estabelecer uma relação com todos esses municípios, para que nós tenhamos ações integradas na área de turismo, cultura, de esportes e lazer, de juventude, para que nós possamos criar uma microrregião metropolitana de turismo e vendemos a nossa região como um todo. Nós temos atrações variadas nas cidades ao redor e elas também têm suas atrações, então quando o turista vier a Gravatá, também vai conhecer a região e vice-versa. São ações integradas porque a gente precisa mostrar que Gravatá e toda sua região em torno está preparada para receber bem o turista, obedecendo todos os protocolos sanitários e totalmente de acordo com o modelo do novo turismo, que é um Micro turismo, um turismo mais intimista, sem colocar em risco o bem mais precioso que é a sua família. E um dos nortes da gestão de padre Joselito e Darita é a de uma gestão inclusiva e é por isso que o nosso lema é compromisso com as pessoas”.

Marcaram presença no encontro o secretário executivo de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer de Gravatá, Ricardo Machado, além dos turismólogos e diretores de Turismo, Cultura e Esportes de Gravatá, Patrick Macedo e Thamires Ferreira. O próximo encontro está previsto para acontecer no Fórum da Região Serras e Artes, no dia 22 de julho.

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Anderson Souza (SECOM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui