Drogas apreendida em Gravatá- Foto- Plantao365

Segundo a polícia o taxista fazia entrega da droga a mandado de um presidiário

Na tarde da última quarta-feira (02), por volta das 17h35min, polícias militares deteram dois homens e uma mulher com maconha e cocaína.

A ocorrência foi na Rua São João, no Bairro do Prado, em Gravatá, Agreste de Pernambuco. Os mesmos foram identificados apenas com as iniciais, A.C.S.B., de 28 anos, E.A.da.S., taxista de 34 ano, e H.L.C.B., 26 anos.

Conforme os policiais militares, através de informações colhida pela equipe do Malhas da Lei, de que estaria ocorrendo um disk drogas, e que as entregas eram feita por um taxista, qual já estava sendo investigado, e ele fazia as entregas a mandado de um presidiário de nome Josiel.

Foi então montado uma operação conjunta com as equipes do GATI, ROCAM e o Serviço de Inteligência todos da 5ª CIP, e seguiram em busca dos suspeitos.

Segundo os policiais, na terça-feira, (1), o taxista havia deixado maconha e cocaína na residência de H.L, qual foi abordado na frente de sua casa com uma bolsa com 4 (quatro) papelotes grandes de maconha, 4 (quatro) sachês de cocaína prontos para entrega, e dentro da residência mais 300gramas de maconha, e 1 (uma) balança de precisão pequena.

A mulher segundo os policiais, foi detida ao lado de sua casa, e ao ser indagada relatou que o taxista teria pedido para ela guardar o entorpecente em casa que seria bem recomenda.

Os policiais após conversar com a imputada, ela levou as equipes até sua casa onde foi encontrado 258gramas de maconha, 335gramas de cocaína, R$700 reais em espécie, e uma balança de precisão grande.

Já com o taxista que foi detido próximo o supermercado Bonança, os PMs encontraram no porta luva e dentro do volante do carro dele, 6 poucoes de cocaína, totalizando 54 gramas da mesma droga.

Diante dos fatos os policiais conduziram os suspeitos juntos com os entorpecentes para delegacia da cidade de vitória de Santo Antão, onde os mesmos foram autuados em flagrante delito pelo o crime de trágico de drogas, eles foram apresentados em audiência de custódia, nesta quinta, ficando a cago do ministério público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui