Equipe da Delegacia de Gravatá/ Foto: Divulgação (PCPE)
Equipe da Delegacia de Gravatá/ Foto: Divulgação (PCPE)

Segundo a Delegada Gabrielle Nishida, a pandemia foi o maior desafio em busca desse equilíbrio nos planos de ação e metas da Delegacia de Gravatá

Neste sábado (06), a equipe da Polícia Civil da 62ª Circunscrição de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, coordenada pela a Delegada Gabrielle Nishida, foi destaque na central da Polícia Civil de Pernambuco, em reconhecimento aos desempenhos e produtividades na cidade em que atuam com muita clareza, (Gravatá/pe).

Rádio Livre FM 90.7

A postagem em elogios ao policiais da DP de Gravatá, foi postada no Instagram da PCPE, (https://www.instagram.com/policiacivildepernambuco).

Sábado é dia de conhecermos as equipes que têm se destacado em produtividade na Polícia Civil de Pernambuco. E a postagem de hoje vem da Delegacia Circunscricional de Gravatá, que faz parte da Diretoria Integrada do Interior 1, cujo resultado de seu eficiente trabalho trouxe bons frutos à população pernambucana.

Investigação

Somente no ano passado, apesar de estarmos em meio à pandemia, a Equipe da Delegacia realizou um excelente trabalho investigativo, que culminou na redução de mais de 32% de Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLI, em relação ao ano de 2019. O resultado disso corresponde a 19 vidas salvas.

Em relação ao presente ano, a queda de números de CVLI ainda é maior, sendo a redução de 50% quando comparados aos índices do mesmo período de 2020. Além da expressiva diminuição, ressalta-se que os Inquéritos relativos aos crimes de homicídios estão com 100% de resolução.

Operação

A Equipe de Gravatá deflagrou, este ano, uma importante Operação de Intervenção Tática (OIT) denominada RENOVAR”, que visou o combate aos crimes de Tráfico de Drogas e Homicídios na região. Na ocasião, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva, e sete mandados de busca e apreensão domiciliar, além de dois procedimentos flagranciais pelos delitos de Tráfico de Entorpecentes.

Delegada de Gravatá-PE/ Gabrielle Nishida/ Foto: (Reprodução)
Delegada de Gravatá-PE/ Gabrielle Nishida/ Foto: (Reprodução)

De acordo com a Delegada, Gabrielle Nishida, no desempenho das atribuições como Delegada de Polícia acredita muito que a redução da criminalidade demanda ações pontuais em determinadas áreas.

“No desempenho das atribuições como Delegada de Polícia acredito muito que a redução da criminalidade demanda ações pontuais em determinadas áreas estratégicas com índices negativos, de maneira constante, porém elaborada, sem descuidar da realização de investigações aprofundadas de organismos criminosos mais complexos.

Ainda segundo a Delegada, a pandemia foi o maior desafio em busca desse equilíbrio nos planos de ação e metas da Delegacia.

“Durante a pandemia, acredito que o maior desafio foi a busca desse equilíbrio nos planos de ação e metas da Delegacia, que trabalhou de forma ininterrupta e valorosamente. As dificuldades foram imensas e os desafios de todas as ordens, porém, as mulheres e homens que compõe a Polícia Civil demonstraram bastante garra e vontade de vencer em meio ao caos que se instalava não só em relação à criminalidade, como na sociedade em geral”, relatou a Delegada Titular da cidade de Gravatá, Gabrielle Nishida.

Fonte: Instagram da Polícia Civil de Pernambuco: (https://www.instagram.com/policiacivildepernambuco).

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui