Imagem divulgação PMPE

Os policiais foram acionados por uma vítima que estava monitorando sua moto que havia sido roubada dia antes

Policiais militares da equipe do GATI lotados no 4º BPM e na 4ª CPM, na manhã desta sexta-feira (28), tomaram conhecimento de que uma motocicleta que havia sido tomada de assalto na noite da quinta (27), no Sítio Lagoa de Pedra, zona rural de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, estaria sendo monitorada pelo proprietário.

Rádio Livre FM 90.7

Conforme os policiais, eles atuam nas cidades de Agrestina, Altinho, Cupira e Lagoa dos Gatos, mas, foram à Caruaru para se vacinarem contra a COVID-19, e após vacinação, foram acionados pelo proprietário que estava monitorando a moto.

De acordo com os policiais, ao receberem informações da vítima, qual relatou que a motocicleta de placa-PCP-0436, tinha rastreador, os policiais seguiram a localização do GPS, e chegando no local apontado pelo aplicativo, avistaram dois indivíduos, os mesmo ao perceberem o policiamento saíram em disparada se embrenharam no mato, tomando destino ignorado.

Segundo os policiais, no local foram informados por um cidadão, o qual se apresentou como pai de um dos suspeitos que havia corrido pelo matagal, sendo ele a pessoa de Douglas Teixeira da Silva, de 24 anos, o pai do Douglas, informou a equipe da PM que o filho já teria sido preso pelo o crime de assalto.

Ainda segundo os PMs, o homem ainda permitiu que os policiais entrassem no seu imóvel, onde encontraram um revólver calibre 38, com três munições do mesmo calibre, todas intactas.

Os policiais ainda chegaram a realizar várias buscas, na tentativa de localizar a moto, mas no entanto, não tiveram êxito.

A arma de fogo foi apresentada a Delegacia de plantão de Caruaru, para serem adotadas as medidas cabíveis. 

Fonte: blog dos parceiros

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui