O suspeito usava uma sala virtual de bate-papo para divulgar os arquivos proibidos: Imagem/Divulgação/Polícia Federal

O suspeito usava uma sala virtual de bate-papo para divulgar os arquivos proibidos.

Policiais federais prenderam na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (4), em flagrante delito,  um homem suspeito de divulgar conteúdos de pornografia infantil pela internet. Segundo a PF, ele foi preso durante cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela 3ª Vara Federal Criminal do Rio, em inquérito que investiga o crime.

Conforme a Polícia Federal (PF), o homem já tinha trabalhado com educação infantil e havia sido processado pelo crime de divulgar fotos e vídeos contendo exploração sexual de crianças e adolescentes.

O suspeito, de acordo com a PF, usava uma sala virtual de bate-papo para divulgar os arquivos proibidos. Os equipamentos usados pelo homem foram apreendidos e serão submetidos a uma perícia, para coleta de provas.

A pena para o crime varia entre três e seis anos de prisão, além de multa. A ação faz parte da campanha Maio Laranja, de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui