Imagem reprodução

A mulher saiu do trabalho mais cedo, e ao chegar em casa presenciou a filha sendo estuprada pelo esposo

Uma mulher foi detida acusada de matar o companheiro a machadadas após flagrá-lo abusando sexualmente da sua filha, de apenas 5 anos.

A mulher que foi identificada como Suzana, de 34 anos, ela disse que saiu um pouco mais cedo do trabalho e, quando chegou em casa encontrou seu esposo na cama estuprando sua filha. 

“Eu pedi pra sair mais cedo do serviço, foi quando cheguei em casa e escutei minha filha gritando de dor, olhei pela janela e vi a terrível cena da minha filha sendo brutalmente violentada sexualmente por meu marido”, relatou ela.

Em depoimento a mulher contou que o companheiro após ser flagrado, ainda sugeriu “fazer sexo a três”. Isso deixou ela irritada, foi quando pegou um machado e desferiu o primeiro golpe na cabeça do homem. “Eu não consegui parar de acertá-lo“, disse Suzana.

Conforme a imprensa local, o homem levou cerca de 100 machadadas e morreu no local. Suzana foi detida e conduzida para a Delegacia de Polícia da cidade de Tarija. O caso aconteceu na última sexta-feira (22), na cidade de Tarija, no sul da Bolívia.

Fonte: MCeara

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui