Viatura da DP de Gravatá-PE

A vítima disse que ao chegar no condomínio, e falar com uma mulher, percebeu que havia caído em um golpe

A vítima disse que fecho um contrato no dia (19/05/2021), com a pessoa de Thiago Wanderley da Silva Felix, referente a locação de uma casa para o período de São João.

Rádio Livre FM 90.7

De acordo com a vitima, após fechar o contrato e realizar pagamento em transferência via Pix para o Thiago, no valor de R$ 1.150,00 reais, continuo falando com um tal de Marcelo, que seria proprietário do imóvel e pai do Thiago.

A vítima disse que veio da Bahia para ficar com a família e amigos na casa, a qual teria locado em um condomínio no bairro Santo António em Gravatá.

Segundo a vítima, ao chegar na casa, no dia (23/06), dia acordado no contrato para entrar no imóvel, avisou ao porteiro, e de repente apareceu uma mulher com um tal de Marcelo ao seu lado, em um veiculo perguntando a vítima como ela tinha alugado à casa, mesmo sem a vítima falar nada relativo a locação ao porteiro.

A vítima disse que saiu do local, pois percebeu que se tratava de um golpe.

De acordo com a Polícia, já tem outras denúncias do mesmo homem, a Polícia informou que o homem é de São Miguel dos Campos em Alagoas, mas vem aplicando golpes em Gravatá, com aluguel de imóveis na cidade.

A Polícia pede para que as pessoas prestem atenção na hora de fechar qualquer tipo de contato, para não cair em golpes.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui