Imagem ilustrativa: Reprodução Internet
Imagem ilustrativa: Reprodução Internet

O banco informou que uma pessoa fez compra no Mercado Pago com o dinheiro da vítima via boleto digital.

Uma senhora de 55 anos compareceram a Delegacia, onde relatou que dia (27/01/2021), foi até agência da CAIXA, localizada no centro de Gravatá, Agreste de Pernambuco, onde possui conta, para receber o Auxílio Emergencial do Governo Federal, mas ao consultar a conta, verificou que não havia mais dinheiro.

Rádio Livre FM 90.7

De acordo com a mulher, procurou o atendimento do banco e solicitou uma constatação. Conforme a mulher, no dia (17/02/2021) ela foi informada pelo o banco, que o dinheiro havia sido sacado via digital através de pagamento de boleto, e o beneficiário teria sido “Mercado Pago. Com Representações LMTD”, que o pagador havia sido feito pela pessoa de “Robson”, e passou todos os dados da pessoa para ela.

Segundo a mulher, o dinheiro foi referente a 02 (duas) parcelas do auxílio emergencial no valor de R$300 reais cada, e que havia sido creditado em sua conta no dia 20/12/2020. 

A vítima informou que nunca cadastrou sua digital no sistema da CAIXA, muito menos autorizou que fizessem em seu nome, que ela só movimenta a conta com senha numérica.

Ainda segundo a vítima, ela foi orientada pelo gerente do banco a registrar um Boletim de Ocorrência (BO), para serem tomadas as providências.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil em Gravatá, como Crime de Falsidade Ideológica.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui