Faca - Imagem Ilustrativa-reprodução Internet

O agressor entrou na casa da mulher exigindo cachaça, como a vítima disse que a residência dela não era bar, ele passou golpear a ela com uma faca

Uma mulher sofreu golpes de facadas por um homem desconhecido na noite do último sábado (20), dentro da própria residência, localizada na Rua da Lata, Bairro São João da Escócia em Caruaru, Agreste de Pernambuco. A vítima foi a dona de casa, Adriana Oliveira do Nascimento, de 35 anos. Ela foi socorrida para o Hospital Regional do Agreste, onde deu entrada consciente.

De acordo com informações repassadas à Polícia, o autor do crime havia sido um tal de “Branco” ou “Neném”, que não tem vínculos nem um com a vítima. Testemunhas relataram que a mulher estava em casa quando o homem adentrou pedindo para ela colocar uma cachaça para ele. 

“O homem teria aproveitado que a porta estava aberta e entrou, disse que queria uma dose de cachaça”. A dona de casa no momento em que o indivíduo entrou, estava dando comida a uma filha de 15 anos que sofre com deficiente. Assustada, ela falou para o meliante que não tinha bebida na sua casa, pois, ali não era bar, foi então, que indivíduo tirou da cintura uma faca-peixeira e desferiu dois golpes nela.

A mulher foi atingida com um golpe no pescoço e no braço.

Ainda segundo informações, a filha da vítima de apenas 12 anos, ao ver aquela cena, logo pegou um pedaço de pau e partiu para cima do agressor, que ainda tentou matar a menina, que largou a madeira e saiu correndo para pedir ajuda. Ela sofreu algumas lesões no braço e rosto, e está bem.

Ainda segundo a Polícia, a Adriana não foi assassinada porque no momento em que sua filha partiu para cima do indivíduo ela fingiu estar morta. Policiais militares realizaram diversas buscas na localidade, porém não conseguiram encontrar o meliante.

Fonte: Agreste Violento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui