Imagem/Reprodução Facebook-NOTAER: Núcleo de Operações e Transporte Aéreo

Em depoimento o pai das crianças falou que havia esquecido a arma em cima da mesa na sala onde as meninas brincavam

Uma menina de 10 anos efetuou um disparo de arma de fogo na própria irmã de apenas 4 anos, acertando a cabeça dela. O caso ocorreu na cidade de Itapemirim, no Espírito Santo.

Conforme a imprensa local, as crianças estavam brincando dentro de casa, quando a irmã mais velha pegou a arma do pai e disparou um tiro.

A Polícia Civil do Espírito Santo informou que o pai das crianças se apresentou na DP onde relatou em seu depoimento, que teria esquecido a arma em cima da mesa na sala onde as meninas estavam brincando. O homem disse que ao ouvir o disparo, correu até o cômodo e encontrou a filha de 10 anos desesperada com a arma nas mãos e a outra desacordada no chão.

A equipe do SAMU foi acionada e prestou os primeiros atendimentos e em seguida socorreu a menina para o Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição em estado grave, sendo necessário ser entubada. Já no início da tarde, a menina teve que ser transferida, de helicóptero, para o Hospital Infantil de Vitória.

A Polícia informou que o tiro que atingiu acidentalmente a menina foi de uma espingarda de chumbinho calibre 5.5. O caso ocorreu na manhã do último domingo (16). 

A bala de chumbinho atingiu a região temporal do lado direito da cabeça da criança. Ela passou por uma cirurgia, mas o projétil continua alojado na cabeça da criança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui