Material apreendido- Foto- Plantao365News

Com o suspeito foi apreendido, maconha, touca ninja, balança de precisão, e uma espingarda calibre 28, além de munições

Policiais Militares do GATI, na tarde desta quinta-feira (01/7), por volta das 14h00, prenderam um homem na rua Padre Manoel Gomes de Brito, no bairro Novo em Gravatá, Agreste de Pernambuco. O homem foi identificado como a pessoa de Lucimar Arcacio da Silva, 28 anos, onde segundo os policiais militares, ele é suspeito de assaltar um cidadão na estrada de Avencas, zona rural de Gravatá.

Rádio Livre FM 90.7

Conforme os policiais, foi recebido informação de que havia ocorrido um roubo naquela localidade, onde dois indivíduos armados de revólver teriam tomado de assalto uma motocicleta Honda/Bros de cor preta, placa (PDB-9C44), de um cidadão, porém a moto possuía rastreador, e a empresa estava rastreando o veículo, que se deslocava sentido bairro novo.

Foi então montada uma operação conjunta com as equipes de GATI, Serviço Reservado e Malhas da Lei, onde durante busca pelo o veículo, policiais do GATI flagraram a pessoa de Lucimar manobrando a moto para guardá-la na sua residência. De acordo com os policiais, o imputado ao notar a aproximação da guarnição policial, abandonou a moto, sacou uma arma de fogo da cintura, jogou em cima do telhado da residência e entrou correndo na casa, mas acabou sendo alcançado e abordado pelo efetivo.

A equipe GATI conseguiram pegar a arma que se tratava de um revólver calibre 38, numeração suprimida, com seis munições intactas do mesmo calibre, também foi encontrada uma munição no bolso do suspeito, e a quantia de R$272,00 (Duzentos e Setenta e dois reais).

De acordo com os PMs, ao realizar busca no imovel, foi encontrado aproximadamente 426 (Quatrocentas e Vinte e Seis) Gramas de maconha, uma espingarda calibre 28 com três munições do mesmo calibre intactas, uma balança de precisão, 4 (quatro) facas do tipo peixeira enroladas em um pano e uma touca na cor preta.

Segundo a equipe do GATI, a droga foi localizada em cima da cisterna no quintal da residência enrolada em sacos plásticos a qual uma senhora de 38 anos tentava esconder na chegada do policiamento.

O suspeito Lucimar, ao ser questionado sobre a autoria do roubo praticado momentos antes, confessou a autoria e ainda informou que o outro envolvido no roubo seria a pessoa de José Maciel, Vulgo (Mandacaru), o qual não foi localizado por policiais militares em sua casa.

Diante dos fatos, as partes envolvidas foram conduzidos a Delegacia de Gravatá, juntamente com o material apreendido, onde a vítima reconheceu Lucimar como um dos responsáveis pelo roubo. A vítima também reconheceu seu o capacete e o casaco que o autor utilizava no momento do assalto

O imputado foi autuado em flagrante delito pelo crime de assalto a mão armada, posse de arma de fogo, e posse de entorpecentes. Já a mulher ficou como testemunha e em seguida foi liberada.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui