Delegacia de Polícia de Gravatá-PE/ Imagem: (Plantao365)

De acordo com a vítima, teria pago a um falso proprietário de um imóvel 14 mil, como adiantamento de três parcelas, depois descobriu que havia sido golpe

Conforme a vítima, na manhã do dia (09/5), fez a locação de um imóvel em Gravatá, Agreste de Pernambuco, através de um corretor (N), que lhe ofereceu o imovel. 

Rádio Livre FM 90.7

De acordo com o homem de 44 anos, o tal corretor teria passando o contato de um suposto proprietário do imovel, para que ele acordasse o contrato diretamente com esse proprietário. A vítima disse que desta forma fez a transferência do dinheiro.

Na tarde desta quinta-feira (20/5), a vítima foi à Delegacia onde relatou que após falar com o suposto proprietário, realizou a transferência no valor de 14.000.00 (Quatorze) Mil Reais, referente ao pagamento adiantado de 3 meses, mostrando o contrato à polícia.

Segundo o homem (Vítima), após realização do pagamento, foi informado por um amigo que uma terceira pessoa estava utilizando sua foto, se passando por proprietário de um imovel em Gravatá, utilizando um número de celular, qual não vamos revelar para atrapalhar as investigação, foi então, que o homem percebeu que havia sofrido um golpe.

A vítima registrou a ocorrência passando número de telefones dos envolvidos, para que a polícia tomasse providências do caso.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui