Foto- Arquivo Plantão3665 News

O homem disse que a mãe teria passado mal e caído, mas após perícia foi confirmado que a idosa havia sido assassinada

Na noite do último sábado (27/01), um homem foi preso pela Polícia Civil, de Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O mesmo foi identificado como Marcos Amaro da Silva, de 43 anos, suspeito de matar a própria mãe. 

Rádio Livre FM 90.7

Segundo a Polícia, o homem foi detido após a equipe da DP tomar conhecimento sobre a morte de uma idosa identificada como Josefa Maria da Silva, no interior do próprio imóvel, policiais civis da Delegacia de Gravatá, se deslocaram para a residência na rua Padre Cícero, no bairro do Prado e iniciaram as investigações.

Conforme a Polícia Civil, a vítima foi encontrada sem vida deitada com a barriga para baixo, ainda segundo a Polícia, a senhora apresentava lesão na região da cabeça.

Foto: Reprodução

Durante as diligências preliminares, os policiais indagaram o filho da vítima, Marcos, que também reside na casa, sobre o que teria ocorrido. Nessa ocasião ele aduziu que a mãe teria passado mal e caído.

No entanto, ao coletarem informações aos vizinhos, os policiais descobriram antes da morte da idosa, que ela e o filho estavam discutindo e a idosa teria clamado por socorro.

A Polícia com base nessas informações e graças ao tirocínio dos policiais civis de Gravatá, foi possível à primeira vista verificar que se tratava de um crime de homicídio, ocasião em que o criminoso foi preso em flagrante.

A autoridade policial requisitou perícia no local do crime, tendo o perito concluído que de fato a idosa teria sido vítima de homicídio. Após os procedimentos de praxe, o assassino será apresentado em Audiência de Custódia.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui