Cela de cadeia- imagem- (Plantao365)
Cela de cadeia- imagem- (Plantao365)

O crime ocorreu após um desentendimento familiar entre o casal, que findo na morte da mulher

O fato aconteceu na madrugada desta quarta-feira (21/4), por volta de 01h10min, a polícia foi informada de que em uma casa localizada na Rua São Caetano, no Bairro Novo em Gravatá, Agreste de Pernambuco, havia o corpo de uma mulher sem vida. A vítima foi identificada como Eliane Maria da Silva, idade não informada.

Rádio Livre FM 90.7

Equipe da Polícia Militar da 5ª CIPM, foram ao local onde realizaram o isolamento até a chegada da equipe do IC (Instituto Criminalística).

Conforme a Polícia, quando chegaram no local encontraram um homem de iniciais (R. A. da S.), companheiro da vítima, o mesmo relatou que após eles terem ingerido bebidas alcoólica e consumindo entorpecente, a mulher caiu batendo a cabeça numa caqueira (Jarro de Barro) e desmaiou.

A polícia não se convencendo com o álibi do homem, decidiu conduzir ele a Delegacia de Gravatá, onde mais uma vez passou a indagá-lo sobre a verdade, foi quando o mesmo percebeu que não havia mais saída, resolvendo confessar o crime.

O autor disse à polícia que estava bebendo e usando drogas, (Maconha e Crack), com a companheira, depois passaram a discutir por ciúmes, que em dado momento ele passou aplicado socos e pontapés na vítima que caiu batendo a cabeça numa caqueira, desmaiando e em seguida vindo a óbito.

O homem disse que colocou a mulher na cama, chegando a fazer massagem esperando que ela acordasse, foi aí que percebeu que ela estava morta, e chamou o SAMU que ao chegar confirmou a morte da vítima.

O homem foi autuado pelo o crime de “Feminicídio”, e apresentado em audiência de custódia na tarde desta quarta-feira (21), no fórum da cidade de Vitória de Santo Antão.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui