Paulo Gusmão - Diretor da Construtora Ancar e o prefeito padre Joselito/ Foto: Anderson Souza (SECOM)

Obra tem objetivo de melhorar o trânsito da Rua Amaury de Medeiros, que dá acesso ao Centro de Gravatá

O prefeito de Gravatá, padre Joselito Gomes, assinou a Ordem de Serviço da obra da construção de uma ponte no Rio Ipojuca, no Anel Viário Leste Oeste.

Rádio Livre FM 90.7

Esta obra é fundamental, pois vai desafogar o trânsito da Rua Amaury de Medeiros, que dá acesso ao centro da cidade.

Paulo Gusmão - Diretor da Construtora Ancar
Paulo Gusmão – Diretor da Construtora Ancar

O diretor da Construtora Ancar, Paulo Gusmão, empresa responsável pela obra, disse que “essa é uma obra complexa, pois além da construção da ponte, terá a interligação do sistema viário na área. A previsão de começar os trabalhos será já no início do mês de maio e tem o prazo de um ano para a conclusão. O resultado será um novo acesso que vai evitar a passagem de alguns veículos na área central”, disse. 

Ricardo Malta - Secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano de Gravatá
Ricardo Malta – Secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano de Gravatá

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano, Ricardo Malta, “essa obra vai beneficiar diretamente os moradores dos bairros Boa Vista, Cohab II e Bairro Novo. Mas reforço que a cidade inteira vai sentir a melhora, porque a mobilidade da Rua Amaury de Medeiros, do Centro, vai fluir com mais facilidade após o término da obra”, enfatiza.

Vital Medeiros - Secretário de Planejamento e Orçamento de Gravatá
Vital Medeiros – Secretário de Planejamento e Orçamento de Gravatá

O secretário municipal de Planejamento e Orçamento, Vital Medeiros, explicou que “os recursos para esta obra não ficaram como estava previsto anteriormente. Uma parte vem do Governo Federal, R$ 4 milhões, mas por causa da pandemia, os valores dos recursos tiveram que ser redimensionados e o município, que não estava previsto para complementar, vai ter que usar recurso próprio. A planilha de readequação está sendo apresentada ainda nesta semana para que a cidade realmente garanta a viabilidade dessa obra”.

Ainda de acordo com o secretário, “por não ter sido feito no tempo certo pela gestão anterior, esse levantamento teve que ser refeito porque os materiais da construção civil subiram por causa da inflação e essa planilha teve que ser redimensionada e agora o município tem que dar sua contribuição financeira. Como o prefeito padre Joselito sabe da importância da obra, ele determinou a análise da planilha de adequação passada pela empresa para a secretaria de Infraestrutura e ver qual será o complemento necessário pela prefeitura”, explicou.

Padre Joselito Gomes - Prefeito de Gravatá
Padre Joselito Gomes – Prefeito de Gravatá

O prefeito padre Joselito falou da relevância do serviço. “É uma obra que a população de Gravatá anseia há um tempo e que vem facilitar bastante e desafogar o trânsito na Rua Amaury de Medeiros. Ela vai ligar a Cohab II, Fazenda Sampaio, próximo a ODIP, e não será apenas mais um sonho. A população espera que seja feito um bom trabalho e que esta obra chegue realmente para facilitar a vida das pessoas. E aqui estamos, fazendo todo empenho necessário porque nosso compromisso é com as pessos”, concluiu.

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Anderson Souza (SECOM)

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui