Delegacia Gravatá/ Foto: Arquivos/ Plantão365News
Delegacia Gravatá/ Foto: Arquivos/ Plantão365News

Os proprietários viram a propaganda da venda da casa no site da OLX, e marcaram com os corretores

A ocorrência foi registrada na tarde desta quinta-feira (25), por volta das 14h40min, na Delegacia de Polícia da 62ª Circunscrição em Gravatá, Agreste de Pernambuco.

Rádio Livre FM 90.7

Conforme a polícia, um homem identificado apenas como José, de 33 anos, e Verônica, 44 anos, por volta das 11h30min, estava dentro de um condomínio localizado na rua quatro de outubro, (Volta do Rio), tentando vender uma casa, a qual não era deles. Os mesmos foram pegos em flagrante delito, e conduzidos a Delegacia da cidade.

De acordo com os Policiais Militares da 5ª CIPM, ao chegarem no local encontraram os proprietários do imovel, e os acusados.

Os donos da casa relataram aos policiais que o casal havia divulgado na internet, no site da (OLX), a venda da residência das vítimas, isso, sem qualquer autorização deles.

Os proprietários marcaram com os corretores que anunciaram a venda da casa, para que mostrassem o imóvel, chegando no condomínio as vítimas passaram a indagar os possíveis corretores se a casa estava realmente a venda, e se eles já haviam entrado na residência, os imputados afirmaram que sim, foi nesse momento que os verdadeiros donos acionaram a polícia.

O casal foi conduzido a Delegacia da cidade onde foram autuados em flagrante delito pelo crime de estelionato. Na DP a Delegada Gabrielle Nishida arbitrou fiança, caso não fosse pago os mesmos seriam encaminhados a audiência de custódia.

O acusado é natural da cidade de Chã Grande e a mulher natural de Pombos, mas residem em Gravatá, na Serra do Maroto.

Não foi informado se o casal pagou a fiança e nem o valor atribuído pela Delegada Gabrielle Nishida.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui