Delegacia de Polícia Civil de Gravatá-Imagem: (Plantao365)

A vítima disse que ao ter acesso a imagens de câmeras, viu quando a mulher pegou o celular

Conforme a vítima, por volta das 20h10min, do dia (23/6), sentido falta do seu aparelho celular.

Rádio Livre FM 90.7

De acordo com a vítima, ela procurou o celular e não encontrou, no entanto, ao olhar as imagens de câmeras de segurança do local, viu claramente quando a mulher pegou o celular que estava no chão.

Segundo a vítima, ela então procurou a mulher, que ao ser indagada sobre o aparelho, negou que teria se aproveitando dele, mesmo tendo as imagens comprovando.

Desta forma, a vítima decidiu ir até a Delegacia e registrar um boletim de ocorrência, relatando o feto.

O caso foi registrado na Delegacia de Gravatá como apropriação indébita doloso.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui