Marca da Polícia de Pernambuco- Imagem Divulgação

Os imputados foram autuado em flagrante delito por homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo

Na tarde da sexta-feira (30/04), por volta das 16h55min, Policiais Civis da Delegacia da 6ª Circunscrição, com Policiais Militares do NIAZM/4 do 21º BPM e do Malhas da Lei também do 21º BPM, deram cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de dois homens identificados como Rafael Nunes Romão, Vulgo (Rafa) e Gilvan Paulo de Oliveira Filho.

Rádio Livre FM 90.7

Conforme a Polícia, os indivíduos são acusados da prática do crime de homicídio qualificado, contra a pessoa de José Barkokebas Ferreira Filho, fato ocorrido no dia 10 de março deste ano, no bairro Riacho do Navio, em Escada, Zona da Mata Sul de Pernambuco.

Os imputados foram presos na Rua Emanoel Domingos de Barros, bairro São Francisco no município do Cabo de Santo Agostinho, também Zona da Mata Sul do estado. 

O mandado de prisão foi expedido pelo Juiz da “Primeira” Vara da Comarca de Escada, Dr. Cláudio Américo de Miranda.

De acordo com a Polícia, no momento que detiveram Rafael, o (Rafa), foi encontrado com ele, um revólver calibre 38, com 06 munições do mesmo calibre. Com os mesmo também foram apreendidos três aparelhos celulares.

Arma apreendida com Rafael

Os presos foram conduzidos a Delegacia do plantão da cidade de Vitória de Santo Antão, onde RAFA foi autuado por Porte Ilegal de arma de fogo, além do crime de homicídio qualificado, ele foi apresentado em audiência de Custódia, na tarde deste sábado (01), e em seguida, juntamente com o Gilvan, recolhido ao sistema prisional, onde se encontram a disposição da justiça.

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui