O jovem bateu em um veículo (S10), e foi socorrido para o hospital local, em seguida transferido para o HR em Recife

Na noite deste domingo (23/08), um acidente de trânsito com vítima não fatal foi registrado na via local, mas precisamente na Av: Cícero Batista de Oliveira, próximo ao giradouro de Gravatá, no Agreste Pernambuco. A vítima foi um entregador de Pizza, inicialmente conhecido como Jackson. 

De acordo com informações, o rapaz bateu em um veículo (S10), que permaneceu no local. Não foi informado se o jovem estaria indo fazer entrega ou retornava a pizzaria. Populares que estavam no local do fato, relataram que a vítima com o impacto chegou a perder alguns dente, e mostrava sinais de convulsão.

(Imagem: Reprodução redes sociais)

Equipe da Polícia Militar e SAMU foram acionados ao local, para prestarem os primeiros socorro. O rapaz foi socorrido pela equipe do SAMU, para o Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa, onde em seguida foi transferido para o Hospital da Restauração (HR) em Recife, onde se encontra hospitalizado.

Várias pessoas lamentaram o acidente sofrido pelo rapaz, e chegaram a falar que os proprietários dos estabelecimentos que têm muita demanda de pedidos, deveriam contratar mais motoboys, principalmente nos finais de semana.

O que realmente se ver, são vários jovens com a ânsia de ganhar um dinheirinho a mais, passa a andar em alta velocidade para fazer muitas entregas, e corre o risco de machucar outras pessoas, e sofrer acidentes, como esse e outro que já ocorreram na cidade. Lamentável! Mas o fato de precisar trabalhar para ganhar um dinheirinho a mais, não quer dizer que temos que morrer.

As autoridades da cidade bem que poderiam convocar proprietários e motoboys para uma reunião, e mostrar a eles os ricos que estão correndo, e possivelmente tentar achar uma solução ou até mesmo tomar uma atitude mais severa para poder diminuir os acidentes que vem ocorrendo com esse trabalhadores que vem perdendo a vida exercendo suas funções. Sem contar que também colocam a vida de outras pessoas em risco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui