Ação aconteceu no Parque da Cidade/Foto: Nilson Silva (SECOM)

Ação aconteceu no Parque da Cidade e contemplou cerca de 100 gravataenses que fizeram os testes de HIV, Sífilis e Hepatites B e C

Com suas ações sempre voltadas a proporcionar aos munícipes a melhor qualidade de vida, sempre dentro o possível e da legalidade, a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com o Governo de Pernambuco, aderiu ao ônibus do projeto Testagem para Tod@s que ofereceu, na última sexta-feira (10), um dia de testagens para identificar e prevenir DSTs e ISTs que são extremamente corriqueiras, mas que muitas pessoas nem sabem que possuem.

O veículo ficou localizado no estacionamento do Parque da Cidade e atendeu, por demanda espontânea, todos os que procuraram a unidade. Ao todo, foram aproximadamente 100 testes realizados e vale salientar que a identidade dos testados, bem como o resultado de seus exames é totalmente preservada. Após receber o resultado de seu exame, a pessoa era encaminhada para uma sala reservada de aconselhamento quanto à prevenção e, se necessário, tratamento das doenças e/ou infecções detectadas.

(Jairo Teixeira – coordenador da Atenção Primária em Saúde)

O coordenador da Atenção Primária em Saúde do Município, Jairo Teixeira, ressalta a importância dessa ação para o município. “Essa iniciativa é uma parceria da Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Saúde, em Parceria com o Governo do Estado de Pernambuco, é o Programa Prevenção para Todos, no qual o objetivo é a testagem para HIV, Sífilis e Hepatite B e C da população em geral. Hoje serão realizados aproximadamente 100 testes. é importante informar que esses testes em Gravatá estão disponíveis tanto nas unidades de saúde, quanto no CTA/SAE, e nessa ação de hoje qualquer paciente com algum diagnóstico positivo será encaminhado com todo o sigilo e cuidado necessário aos órgãos competentes, no caso o CTA/SAE municipal, para que ele possa ser assistido e aconselhado da melhor forma possível. Dessa forma é uma iniciativa que objetiva a prevenção de doenças e infecções sexualmente transmissíveis para tratamento oportuno.”

Reportagem: Filipe Vasconcelos
Fotos: Nilson Silva (SECOM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui