Foto: Flávio Japa / Seinfra
Foto: Flávio Japa / Seinfra

Iniciativa do Governo de Pernambuco, o Sistema Integrado de Saneamento Rural tem modelo de gestão compartilhada e beneficiará 120 mil habitantes da região.

Nesta segunda-feira (14), a cidade de Arcoverde, no Sertão do Estado, foi sede da primeira assembleia geral do Sistema Integrado do Saneamento Rural (SISAR) da região do Moxotó. No encontro, que contou ainda com a presença de representantes dos municípios de Buíque, Custódia, Ibimirim, Itaíba, Manari, Pedra, Sertânia, Tupanatinga e Venturosa, foi discutido a aprovado o estatuto social e realizada a eleição para escolha dos membros (titulares e suplentes) que farão parte dos conselhos administrativo e fiscal da entidade.

Rádio Livre FM 90.7

A implementação do SISAR é mais uma ação do Governo de Pernambuco que visa promover a universalização do acesso à água e ao esgotamento sanitário para os cidadãos de todas as regiões do Estado, inclusive nas comunidades rurais. A iniciativa tem coordenação conjunta das Secretarias de Desenvolvimento Agrário (SAD), Infraestrutura e Recursos Hídricos, Compesa e Instituto Agronômico de Pernambuco. O conselho administrativo do SISAR Moxotó seguirá um modelo de gestão compartilhada. Ele será composto por onze membros, seis representantes da sociedade civil, eleitos na assembleia, e outros cinco participantes que serão indicados pelos órgãos do Estado. Na assembleia também foram eleitos seis representantes para compor o conselho fiscal da entidade. Os escolhidos terão mandato de um ano, prorrogável por mais dois.

 “O SISAR é uma iniciativa importante, porque vem para dar suporte às comunidades que estão afastadas dos grandes centros urbanos. Isso vai fortalecer os agricultores e agricultoras de nosso estado”, pontuou Francimario Gomes, representante da Cáritas Diocesana de Pesqueira.

O Secretário Executivo da SAD, Ivaldo Pereira, agradeceu a participação das comunidades na formação do primeiro administrativo do SISAR no Estado “Eu quero manifestar minha gratidão pelo empenho e dedicação de todos que estão aqui representando as associações dos seus municípios, porque a determinação dos agricultores foi a causa fundamental para a formação desse Sistema,” parabenizou.

Eleita presidente do conselho administrativo, Regiane dos Santos, representante da comunidade Horizonte Alegre, do município de Pedras, destaca a importância do momento para os municípios. “Estamos felizes com essa conquista e, a partir de agora, assumimos o compromisso de trabalhar incansavelmente. O SISAR tem potencial para alavancar o desenvolvimento da nossa região. Esse é um projeto grandioso, um marco na história das nossas comunidades rurais,” enfatizou.

Na região do Moxotó, 120 mil pessoas de 622 comunidades e 30 mil imóveis rurais serão diretamente beneficiados pelo SISAR. O Sistema surge com o objetivo de garantir uma prestação eficiente dos serviços de saneamento básico a um baixo custo para as comunidades rurais e de promover a universalização desses serviços, proporcionando melhoria da qualidade de vida destas populações e, desta forma, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico e para a preservação do meio ambiente.

Além do Sertão do Moxotó, outras onze regiões do estado também serão beneficiadas de forma específica pelo Sisar (Metropolitana; Mata Norte; Mata Sul; Agreste Central; Meridional; Setentrional; Sertão Central: Pajeú; Itaparica; São Francisco e Araripe).

Fonte: Comunicação Seinfra PE

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui