Deputada Clarissa Tércio/Imagem: reprodução (vídeo)
Deputada Clarissa Tércio/Imagem: reprodução (vídeo)

Foi uma afronta à justiça brasileira. Eu estou estarrecida diz parlamentar

A deputada estadual Clarissa Tércio, do Partido Social Cristão (PSC), na tarde desta terça-feira, (09), criticou a decisão tomada pelo o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, em anular todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, (Lula) tornando-o, assim, ele elegível para às eleições em 2022. E disse que Pernambuco está muito mal governado por Paulo Câmara.

Rádio Livre FM 90.7

A parlamentar disse em sua página do FACEBOOK, que o sentimento era de imortalidade e impunidade, que estava estarrecida com a decisão do ministro Edson Fachin.

Mas agora, Fachin, que sempre teve uma forte ligação com o PT, um ministro indicado por Dilma, numa decisão monocrática, ele inocenta a alma mais honesta da nação. Disse a parlamentar

A deputada ainda criticou a atitude do governador Pernambucano.

“ O pior disso tudo, é que ainda vem o governador de Pernambuco Paulo Câmara, ainda comemorar essa decisão, comemorar a impunidade, olha, Pernambuco estar muito mal representado, uma coisa eu aprendi, quem defende ladrão sem procuração, se não for parente, é comparsa”. finalizou.

Veja vídeo:

Sites Parceiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui