Segundo a Polícia, o meliante era considerado de alta periculosidade

Um elemento considerado de altíssima periculosidade foi morto ao trocar de tiros com a polícia, na noite da terça-feira (21), na entrada de um motel localizado na Avenida Leão Dourado, acesso ao bairro Alto do Moura em Caruaru, Agreste de Pernambuco. O indivíduo foi identificado como Robson José da Silva, vulgo “Robson Capeta” ou “Lázaro de Caruaru”, 35 anos.

Segundo a Polícia, o meliante era assaltante de banco, carro forte, e era acusado de ter roubado as armas de quatro policiais militares, de balear um agente da Polícia Federal na cidade de Pombos e matar duas pessoas e baleou outras quatro, na madrugada do último domingo (19) no Sítio Campos, próximo ao Posto Agamenom, área rural de Caruaru.

Na madrugada do último domingo ele estava em bar no Sítio Campos onde se desentendeu com um homem, entrando em discussão, no momento ele acabou sendo agredido pelo homem que desferiu um soco no seu rosto, então ele disse que iria em casa e voltava, após um curto tempo o meliante retornou ao local do fato acompanhado de dois comparsas, mas o rapaz já havia ido embora.

Conforme informações o bandido não satisfeito, e com uma pistola ponto 40, passou a efetuar vários disparos nas pessoas que estavam no bar, tirando a vida de Francisco Joaquim da Silva, conhecido por “Zé do Óleo” de 47 anos, que não bebia mais tinha ido ao bar tomar um Red Bull e voltar para casa. Ainda no local foi morto o evangélico José Tiago da Silva, de 30 anos, que passava no local, baleando ainda, Diego José Vale, de 20 anos; Erick Gonçalves Vieira, 25 anos; Alexsandro Souza Lacerda da Silva, 15 anos e Nelson Antônio dos Santos, de 25 anos.

Com o meliante a polícia apreendeu uma pistola com dois pentes e varias munições, além de um veículo que estava com o bandido.

Em nota o delegado chefe da 3ª Divisão de Homicídio do Agreste, Dr. Eric Costa, disse que os policiais da 19ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, obtiveram informação de que o indivíduo veio a Caruaru para matar o desafeto que o agrediu e que ele foi montada uma operação conjunta entre os policiais civis da 19ª Delegacia de Homicídios e militares do 4º BPM e 1º BIEsp, conforme o Delegado, os policiais foram tentar prender o criminoso, que reagiu atirando contra os policiais que revidaram a injusta agressão e na ação, o meliante acabou sendo alvejado. O mesmo ainda chegou a ser socorrido para o Hospital Regional do Agreste, onde deu entrada já sem vida.

Fonte: portal agreste violento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui