Primeira edição do Gravatá Coffee Festival/Imagem (Divulgação)

Evento, que teve início na terça (24) e segue até sábado (28) na Suíça pernambucana, traz uma semana intensa de atividades dedicadas à bebida preferida do brasileiro

O município de Gravatá é tão acolhedor quanto uma xícara de café quente. Juntando as duas coisas, é um verdadeiro convite sensorial a boa conversa, boa música, clima agradável e, claro, muito sabor.

O 1o Gravatá Coffee Festival faz o convite para essa vivência, até o próximo sábado (28), em cerca de 30 estabelecimentos que comercializam o produto no município.

A abertura do evento foi nesta terça (24), no Instituto Asa Branca, na pista local da BR-232, e fizeram parte da mesa de boas-vindas a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude de Gravatá, Viviane Facundes, que representou o prefeito Joselito Gomes, Débora Florêncio, que é representante do SEBRAE/PE, e o presidente do Instituto Asa Branca, José Maria de Souza.

A abertura trouxe palestra dos baristas Alan Cavalcanti, do Café Malakoff, e Lidiane Santos, da cafeteria de Gravatá, Arte Café Confeitaria, além dos proprietários do Sítio Várzea da Onça, de Taquaritinga do Norte, que produz o café Yaguara, David e Tatiana Peebles. O grupo trabalhou o tema “Cafés de Pernambuco: da retomada ao cenário atual”.

(Rildo Feitosa – Diretor de Turismo e Cultura do IAS)

Para Rildo Feitosa, diretor de Turismo e Cultura do IAS, o festival vai agregar valor cultural e comercial ao município. “Esse evento vem com o diferencial de atrair pessoas que queiram investir no universo do café e também para capacitar donos de cafeteria e restaurantes já existentes em Gravatá. A cidade não foi escolhida por acaso, pois Gravatá é um celeiro que tem o maior polo gastronômico do interior de Pernambuco e agrega economia ao município. Juntando a gastronomia e o nosso clima, esse evento veio a calhar. Agradecemos o apoio da Prefeitura de Gravatá, quero agradecer também a presença da primeira-dama Viviane, que veio prestigiar a abertura do evento que traz um destaque ao turismo da cidade, para a economia do município. Estamos muito felizes, em nome do Instituto Asa Branca, em sediar esse evento aqui em Gravatá”.

(Lidiane Santos – Barista)

A barista Lidiane Santos, que em 2017 foi eleita a melhor barista na edição nacional do Prêmio Prazeres da Mesa, destacou que Gravatá foi uma ótima escolha para sediar esse evento. “A cidade já traz uma carga cultural de grandes eventos e o café tem uma representatividade muito grande para locais que têm esse friozinho, que já faz parte de tantas tradições e não tinha um evento com café. Essa primeira experiência com certeza vai ser enriquecida com outras performances, pois tenho certeza de que vai fazer parte do calendário de eventos da cidade”.

(Viviane Facundes – Primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude de Gravatá)

Viviane Facundes falou sobre o apoio que a prefeitura está dando ao festival. “Falar de café me remete a acolhida e acho ótimo quando alguém me convida para tomar um café. É uma bebida que está em todas as classes sociais, na mesa do pobre e do rico. Esse é o poder que o café tem: ele agrega. Gravatá está de portas abertas para conversar e degustar dessa bebida que é a nossa cara. O prefeito Joselito Gomes lamentou não poder estar aqui hoje, mas está muito agradecido com a escolha de nossa cidade para sediar um evento dessa magnitude“.

No local, alguns produtores de café expuseram e ofereceram degustação de café em estandes montados especialmente para o evento.

Especialistas – A Nova Aurora Comunicação realizou Famtour com jornalistas e blogueiros especializados em café. O grupo veio da capital pernambucana, Recife, parou na Rainha da Pamonha, na BR-232. Já dentro da cidade de Gravatá, eles degustaram a bebida carro-chefe do festival na Arte Café Confeitaria e puderam saborear o tradicional bolo de noiva produzido por Lindalva Conceição, mãe da barista Lidiane Santos. O ponto final foi o Instituto Asa Branca, onde participaram da abertura do 1o Gravatá Coffee Festival.

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo
Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui